Desenvolvendo boas relações humanas no ambiente de trabalho

Desenvolvendo boas relações humanas no ambiente de trabalho

Compartilhe este artigo!

Desenvolver boas relações humanas no ambiente de trabalho é essencial para a saúde das organizações. Afinal, passamos grande parte de nossas vidas no trabalho, onde precisamos conviver com os mais diferentes tipos de pessoas. O que nem sempre é tarefa fácil.

Por isso, é importante compreender que as relações humanas no ambiente de trabalho vão muito além das hierarquias e processos. Inclusive, quando não há harmonia entre a equipe, podem ocorrer episódios de desentendimento, estresse, desmotivação e dificuldades na hora de realizar o trabalho em equipe.

Dessa forma, a construção de um clima organizacional positivos é imprescindível. Seja através de atitudes individuais ou ações da própria empresa, visando empregar o conceito de employee experience, é importante lembrar que a empresa é feita de pessoas. E que pessoas precisam de um ambiente favorável para darem o melhor de si e ajudar o negócio a alcançar os resultados desejados.

Quais atitudes individuais e empresariais podem ser empregadas para favorecer as boas relações humanas no ambiente de trabalho?

É importante ter em mente que os esforços não podem partir unicamente dos colaboradores ou da empresa. É necessário que ambos trabalhem em conjunto para construir um clima organizacional confortável para todos. Algumas atitudes que os funcionários podem tomar, de formar individual, dentro do ambiente de trabalho são:

  • Respeitar os colegas e superiores, sabendo lidar com quem pensa diferente;
  • Evitar de todas as maneiras a fofoca;
  • Ser colaborativo, sabendo ouvir e ajudar os demais;
  • Apresentar soluções para os problemas de convívio.

Fora isso, ainda existe os esforços da empresa no desenvolvimento de um bom ambiente de trabalho, para que as relações de seus funcionários sejam harmoniosas. Uma vez que a estrutura de uma organização reflete muito em como seus colaboradores se comportarão, os valores e a cultura devem ser fortes. Dessa maneira, criando maior comprometimento e seriedade entre os trabalhadores.

Fatores prejudiciais às relações humanas

Não é nenhuma surpresa que relações humanas harmoniosas impactam seriamente nos resultados de uma organização. A lógica é simples: quanto melhor o convívio, maior a motivação, engajamento e produtividade dos profissionais. Empresas em que há um bom clima organizacional e que favorecem as relações humanas, possuem colaboradores mais envolvidos e engajados nos processos.

No entanto, em ambientes de trabalho onde não há boas relações interpessoais, os processos tendem a tornarem-se morosos. Assim, as reuniões de trabalho são temperadas com doses de tensão e há mais dificuldade em tomar decisões de maneira propícia. Algumas atitudes comuns que ilustram esse quadro são:

  • Falta de empatia: a dificuldade de se colocar no lugar do outro, permanecendo distante e indiferente às dificuldades e problemas alheios. Isso faz com que não exista confiança entre a equipe e prejudica a realização de atividades coletivas.
  • Desrespeito: quando não há motivação em lidar com as diferenças, episódios de desrespeito podem acontecer, causando diversos transtornos à equipe e à empresa.
  • Excesso de competitividade: a competitividade pode ser saudável quando ela estimula a busca por novos conhecimentos e a necessidade de superar-se. Porém, quando a competitividade se torna uma neurose por parte de algum profissional, comportamentos hostis e egoístas acabam surgindo, dificultando as boas relações humanas no ambiente de trabalho.
  • Arbitrariedade: gestores e líderes que delegam atividades e funções de maneira arbitrária acabam gerando desmotivação nos colaboradores. O que resulta em pouco comprometimento com a empresa e na perda de talentos a longo prazo.
Siga nossas redes e fiquei por dentro de artigos como Desenvolvendo Boas Relações Humanas no Ambiente de Trabalho

Estratégias que favorecem as relações humanas no ambiente de trabalho

Para minimizar as dificuldades inerentes a qualquer cenário, a área de RH da empresa pode utilizar estratégias para desenvolver as habilidades interpessoais de seus colaboradores, tais como:

1 – Melhoria da inteligência emocional

A inteligência emocional, grosso modo, é a capacidade de identificar e gerir as próprias emoções e as alheias. Essa é uma das habilidades fundamentais para qualquer tipo de relação humana, não só no ambiente de trabalho.

No entanto, desenvolver essa habilidade junto aos colaboradores é uma forma de contribuir para um bom ambiente de trabalho. As empresas podem promover a inteligência emocional de seus funcionários através de dinâmicas de grupo, feedbacks contínuos, mapeamento comportamental e acompanhamento psicológico.

2 – Criação de uma cultura de feedback

Criar oportunidades em que o colaborador possa avaliar a equipe e gestores, assim como se autoavaliar e receber o retorno sobre o seu trabalho. É importante que ele identifique e compreenda os diversos tipos comportamentais de seus colegas de trabalho. Assim, também se cria a oportunidade de desenvolvimento e melhora nas relações humanas.

3 – Aplicação de pesquisas de clima organizacional

Essas pesquisas são importantes porque, através da percepção dos colaboradores com relação à empresa, ao trabalho e aos colegas, é possível identificar os aspectos positivos e negativos do ambiente de trabalho. Dessa forma, sanando erros e promovendo acertos. No entanto, para que esse método seja eficaz, é preciso aplicar pesquisas regularmente.

4 – Promoção da gestão comportamental

A gestão comportamental é uma forma de trabalhar a gestão de pessoas por meio da identificação do comportamento dos colaboradores. Assim, há um mapeamento de perfil de cada colaborador, com a identificação de seus pontos fracos e fortes. Isso acaba favorecendo um melhor desenho dos quadros de gerenciamento, promovendo maior satisfação e tornando o ambiente de trabalho mais agradável.

5 – Planejamento de ocasiões para a socialização

Podem ser happy hours, comemorações e festas de fim de ano, por exemplo. Esses compromissos são boas oportunidades para que os colaboradores convivam também fora do ambiente de trabalho, o que facilita o estabelecimento de relações mais próximas e saudáveis no dia a dia.

Como estão as relações humanas no seu ambiente de trabalho?

A construção e manutenção de um ambiente de trabalho saudável, de modo prático, traz às empresas outro importante diferencial: o salário emocional. Que nada mais é do que o cultivo de elementos, muitas vezes intangíveis, porém decisivos para que os colaboradores não queiram ir embora.

É importante lembrar que, hoje em dia, o bem estar no local de trabalho e as oportunidades de crescimento e desenvolvimento tem um grande impacto na escolha dos profissionais disponíveis no mercado de trabalho. Portanto, contribuir para as boas relações humanas no ambiente de trabalho só tem a agregar para as empresas.

E se você gostou das nossas dicas, então precisa se inscrever na nossa newsletter. Fique por dentro do universo da Educação Corporativa com a ajuda da Evolke e transforme a maneira de aprender da sua empresa. Inscreva-se! 👇

Boas relações humansa no ambiente de trabalho e vários outros artigos. Assine nossa newsletter e fuque por dentro de tudo!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu