Encontro de gerações — como isso pode contribuir para o desenvolvimento da empresa?

Encontro de gerações — como isso pode contribuir para o desenvolvimento da empresa?

Compartilhe este artigo!

Em um mercado cada vez mais exigente, estar atento às novas tecnologias é um pressuposto indispensável a qualquer empresa que deseje se destacar. No entanto, não é apenas a modernidade que pode ser o diferencial dentro de uma organização, é também necessário pensar em como o encontro entre gerações pode trazer pontos benéficos para a gestão e performance dos colaboradores. A força e a experiência dos integrantes mais velhos somadas aos novos estilos das gerações Y e Z pode ser um diferencial na hora de estabelecer a sinergia da equipe dentro da empresa. No entanto, a visão, missão e valores da organização precisam estar alinhados com todos seus profissionais, independentemente da idade.

Baby Boomers e gerações X, Y e Z

As gerações X (nascidos entre 1965 a 1978), Y (nascidos entre 1979 e 1990) e Z (nascidos entre 1991 a 2010) podem utilizar da experiência dos Baby Boomers (nascidos entre 1946 a 1964), assim como estes podem aliar sua experiência à intimidade com a tecnologia daqueles, trabalhando juntos num mesmo propósito de alavancar a estrutura e os processos da organização. Dentro desse contexto, tem se tornado cada vez mais comum a contratação de profissionais mais velhos ou aposentados para que possam trabalhar na orientação e preparação dos mais jovens.

RH e a valorização da diversidade de experiências

A área de RH exerce um papel muito importante nessa tarefa, pois cabe a ela elaborar as melhores estratégias e práticas para explorar a diversidade de vivências, utilizando as habilidades dos mais jovens e valorizando os conhecimentos dos mais velhos, na busca de uma equipe que alie a experiência à inovação.

Quando pesquisamos sobre os vínculos empregatícios das diferentes gerações, percebemos que há certa instabilidade profissional entre os integrantes da geração Y, por exemplo, enquanto os Baby Boomers carregam décadas de permanência em uma só empresa. Num programa bem elaborado pelo RH, é possível que os Baby Boomers contribuam para o desenvolvimento e maturidade profissional dos mais jovens, fazendo com que a ansiedade e imaturidade destes não os levem a “pular” de emprego em emprego, sem esperar pelo reconhecimento que podem conquistar permanecendo por mais tempo em uma organização.

Dessa maneira, pela estratégia de gestão da área de RH, é possível fazer com que várias habilidades sejam somadas e trabalhadas para o crescimento dos colaboradores e da empresa, valorizando as diferenças e tornando-as indispensáveis na formação de uma equipe sinérgica e mais produtiva.

Deixe uma resposta

Fechar Menu