Você acha que está preparado para o mercado de trabalho?

Você acha que está preparado para o mercado de trabalho?

Compartilhe este artigo!

Conheça 3 jeitos de desenvolver soft skills e as 6 soft skills mais valorizadas pelas empresas.

 A expressão soft skills determina competências comportamentais para ser bem-sucedido no mercado de trabalho. São atributos pessoais necessários para atender às demandas de um mundo corporativo cada vez mais exigente. Ao contrário das hard skills – que são as chamadas competências técnicas, como conhecimento de idiomas, pós-graduação, mestrado – as “soft skills” são competências menos orgânicas, justamente porque se formam a partir das vivências, experiências, criação e educação de cada pessoa. A boa notícia é que podem ser desenvolvidas!

3 jeitos de desenvolver soft skills

As hard skills podem ser adquiridas fazendo um curso, lendo um livro e participando de capacitações técnicas. Já as soft skills exigem o desenvolvimento de uma inteligência emocional. Veja 3 dicas de como desenvolvê-las:

  1. Aprenda a se autorregular

Se você aprender a administrar suas emoções, vai se recuperar rapidamente do estresse. Isso significa que quando você sentir uma emoção forte surgir, pode se tornar consciente dela, nomeá-la e deixá-la passar sem reagir instantaneamente. Isso trará foco e manterá o corpo relaxado – em alerta, porém sem estresse.

  1. Aprenda a gerenciar seu tempo

Quando for interrompido, pratique se fazer esta pergunta: isso pode esperar? Posso deixar de lado? Você descobrirá que a resposta é quase sempre ‘sim’.

  1. Crie uma cultura de feedback

Crie sua própria cultura de feedback, pedindo para amigos, colegas, professores, gestores e familiares – pessoas que o conhecem profissional e pessoalmente – avaliarem suas habilidades de soft skills e use as respostas para melhorar.

As 6 soft skills mais valorizadas pelas empresas

Em um estudo conduzido pelo Google, o resultado mostrou que, das 8 principais qualidades que grandes empresas buscam em seus funcionários, um alto grau de expertise está em último lugar na lista. Já uma pesquisa recente da consultoria Americana CareerBuilder verificou que 63% dos empregadores entrevistados procuram saber, em primeiro lugar, quais são as soft skills dos candidatos.

Diante da importância destas competências, conheça as 6 soft skills mais valorizadas pelas empresas e não fique parado: desenvolva-as e seja um profissional competitivo.

Trabalho em equipe

Interagir com colegas de trabalho, gestores, colaboradores e clientes e ser colaborativo na execução de tarefas, são pontos essenciais para um bom ambiente de trabalho e produtividade. Assim, desenvolver a capacidade de trabalhar em equipe é essencial a um bom profissional do século XXI. Além disso, aquele que for capaz de inspirar e motivar colegas ganhará, com certeza, pontos na empresa. 

Controle das emoções

Separar o âmbito pessoal e profissional, sabendo controlar as suas emoções e gerenciar os seus sentimentos, é requisito indispensável para ter foco nas tarefas. Além disto, o controle emocional facilita as interações, o trabalho em equipe e maximiza o alcance dos objetivos pela equipe.

Resiliência

Base para o desenvolvimento das demais competências, a resiliência é a soft skill mais requisitada entre todas. Sua importância se dá porque o colaborador resiliente terá maior capacidade de lidar com problemas do dia a dia, resistir à pressão e se adaptar a mudanças.

Comunicação

Muitas vezes, um profissional não se destaca porque não sabe se comunicar. A boa comunicação é essencial em todos os aspectos da vida humana, e no ambiente de trabalho, ainda mais. A comunicação efetiva e eficaz, seja oral ou escrita, traz clareza e transparência às relações, sendo base para a ampliação de várias outras habilidades. Para desenvolvê-la, é importante ser um bom ouvinte, falar quando necessário e jamais desviar a atenção.

Sede de conhecimento

Agilidade e disponibilidade para aprender são habilidades preciosas em um mercado de trabalho que não é estático. Por isso, gostar de aprender, estar atualizado e alinhado com as novidades, é, em um mundo pulverizado diariamente com novas informações, indispensável para se destacar. Um profissional que demonstra pré-disposição para o conhecimento, com certeza, será mais bem-visto pelo empregador.

Ética e autoconsciência

A soft skill mais subjetiva, também é uma das mais importantes, porque não se aplica somente ao trabalho. Ter uma postura ética e ser capaz de perceber como suas palavras, ações e comportamentos, sejam intencionais ou não, impactam as pessoas, é um dos fundamentos para o sucesso.

Deixe uma resposta

Fechar Menu